Conseguir um produto com a melhor impressão através de uma montagem adequada

Conseguir um produto com a melhor impressão através de uma montagem adequada

A revista Flexible Packaging conseguiu falar com Joe Prunier, Gestor de Mercado – Print & Web Processing para a tesa tape, inc. – e fazer algumas perguntas em nome dos impressores.



www.timwendrich.com
Escolha a fita para montagem de chapas correta para a máxima eficiência

Que tipos de tendências observa entre impressores de banda estreita?

As inovações tecnológicas para a indústria de impressão flexográfica de banda estreita são agora mais predominantes do que nunca. As máquinas de impressão atuais são concebidas com vista à velocidade, precisão e durabilidade. Os avanços recentes em tecnologia de máquinas de impressão têm levado à necessidade de novas tecnologias de clichês e camisas para acompanhar a maquinaria de elevada precisão e a quantidade crescente de padrões artísticos avançados. À medida que o trabalho artístico se torna mais complexo, as contagens de linhas impressas na frequência da tela estão aumentando e a cobertura de área está cada vez mais menor. As medidas de alguns pontos estão mesmo a meios pontos percentuais! As complexidades dos processos de impressão são agravadas pela procura crescente no mercado de sessões de impressão mais curtas que, basicamente, reduzam o fundo de maneio para o cliente e permitam a gestão de promoções a curto prazo de forma mais eficiente.
Por reconhecerem as tendências do mercado, muitos impressores de banda estreitas investem em novas tecnologias para estarem atualizados e satisfazer as exigências dos clientes. Contudo, algumas surpreendem-se pelo fato de o resultado final dos seus investimentos nas últimas tecnologias não significar uma melhoria significativa na qualidade dos seus materiais impressos. Apesar dos novos equipamentos tecnológicos desempenharem um papel substancial na qualidade do produto final, há outros fatores que podem fazer a diferença entre resultados satisfatórios e resultados fantásticos.

Ler mais

Como é que as fitas para montagem de clichês podem ajudar a criar um produto impresso de elevada qualidade?
A elevada qualidade de impressão a alta velocidade da máquina de impressão pode estar diretamente associada à qualidade da espuma usada nas fitas para montagem de clichês. Lembre-se que a fita para montagem de clichês serve como meio de amortecimento ou suporte entre fitas de impressão de vanguarda e máquinas de impressão de vanguarda. Os fornecedores da indústria esforçam-se por conceber máquinas de impressão, clichês e formulações de tinta tecnologicamente mais avançadas para promover a mais elevada qualidade de impressão. Porém, se for utilizada a fita para montagem declichês incorreta, a qualidade da impressão poderá sofrer substancialmente apesar da qualidade do equipamento.
Ao avaliar a espuma, é importante compreender como a qualidade das espumas está relacionada com a qualidade de tipos específicos de impressão. Por exemplo, atualmente está disponível tecnologia de clichês para imprimir telas finas de 5%, 3%, 1% ou até clichês de pontos com frequência de tela elevada de 200 linhas por 2,5 cm (aprox.) ou superior. Conseguir estes resultados num ambiente de produção diária a velocidades de produção melhoradas requer um tipo muito especializado de fita “suave” para montagem de clichês que consiga funcionar como amortecedor dos impactos. Este efeito de amortecimento de impactos mitiga o esmagamento do ponto e quaisquer movimentos de balanço nos cilindros ou mangas que possam surgir como “ruído”, “bandas” ou “marcas de equipamento” na impressão. Adicionalmente, esta fita “suave” deve ser capaz de comprimir e regressar à espessura original desde a primeira impressão até à última, independentemente de o trabalho ter um comprimento de poucos milhares de centímetros ou milhões de centímetros.
Esta compressão e recuperação da espuma, bem como a consistência do efeito de amortecimento, são os principais fatores para maximizar os seus investimentos em máquinas de impressão e tecnologias de clichês de vanguarda. Escolha uma fita para montagem de clichês que forneça as qualidades únicas do melhor amortecimento de impactos, para obter aqueles realces muito minuciosos, e que possa manter o desempenho durante sessões de impressão prolongadas.
Por outro lado, muitos dos mesmos requisitos são necessários para executar a aplicação ideal de densidade de tinta sólida para intensas. As fitas para montagem de clichês mais duras, necessárias para fornecer o apoio para a cobertura adequada de densidade de tinta sólida, devem também manter a sua consistência de dureza. Além disso, as fitas mais duras devem também manter as mesmas propriedades de compressão e recuperação elevadas durante longos períodos de tempo de forma a maximizar a qualidade das impressões a velocidades mais elevadas.
A mensagem é clara: não reduza a qualidade dos seus investimentos tecnológicos em máquinas de impressão, tintas, anilox ou clichês usando fitas para montagem de clichês que não sejam da mais elevada qualidade.Qual é a importância dos adesivos de fitas para montagem de clichês relativamente ao resultado geral da impressão?
Sem dúvida que as propriedades adesivas das fitas para montagem de clichês são tão importantes como a qualidade da espuma. A eficiência e repetibilidade de processos de montagem e desmontagem de clichês de impressão flexográfica podem fazer a diferença entre serem rentáveis prolongando a vida útil ou danificarem os clichês, obrigando a comprar novas. O adesivo pode ser o fator que estabelece a diferença entre ser obrigado a limpar resíduos de adesivo e espuma de cada camisa ou cilindro quando o trabalho é descolado e poder remover a fita de forma limpa, necessitando apenas de uma leve limpeza ou mesmo nenhuma.
Os requisitos do adesivo são simples: Fixar-se às camisas/cilindros e clichês da forma mais segura possível durante a impressão, de forma a eliminar completamente qualquer possibilidade de levantamento de margens ou formação de bolhas, e quando o trabalho está concluído, ser removido tão facilmente como um liner siliconizado. Contudo, este ideal pode ser difícil de conseguir para muitos impressores de bobinas estreitas.Como é que os impressores podem impedir o levantamento de margens da clichês ou a formação de bolhas?
No dia-a-dia, a maioria dos impressores de banda estreita debate-se com o levantamento de margens da clichês, durante a impressão, devido ao uso de clichês mais espessas em cilindros com diâmetro estreito ou clichês de impressão danificadas, porque a aderência à clichês é tão elevada que, durante a desmontagem, as clichês esticam ou rasgam-se.
Para superar o problema de levantamento de margens, os impressores têm usado primários, marcadores, selantes de margens e fitas. Para além disso, muitos impressores têm usado bloqueadores de aderência (tais como talco, giz, sabão ou goma-laca) para tornar a remoção da clichês suficientemente fácil de modo a não destruir as clichês. Contudo, todas estas técnicas tornam extremamente difícil criar um SOP (standard operating procedure ou procedimento de funcionamento padrão), que seja eficiente e repetível. Na verdade, com tantos materiais e variáveis envolvidos num processo destes, é virtualmente impossível criar repetibilidade.
Quando não é possível obter a replicação e repetibilidade, é impossível conseguir eficiência nos processos. Para conseguir alcançar eficiência e repetibilidade, o impressor tem de escolher uma fita para montagem de chapas adequada e especialmente concebida tendo em mente as tecnologias e processos de impressão de hoje. Durante a seleção de uma fita para montagem de clichês, certifique-se de que escolhe uma que tenha adesivo do lado da clichês e que tenha sido criada para o material e espessura da clichês a utilizar. Se selecionar uma fita incorreta, poderá ocorrer levantamento predominante de margens com clichês mais espessos, bem como clichês esticados ou rasgados com clichês finos. Para além disso, certifique-se de que seleciona um adesivo que tenha sido concebido para se fixar ao material do cilindro ou camisa a utilizar. Utilizar um adesivo de “lado aberto” incorreto poderá resultar na formação de bolhas ou obrigar a uma limpeza exaustiva.Tem mais alguma sugestão para os impressores conseguirem obter os melhores resultados?
Ao tentar garantir a utilização adequada de fitas para montagem de clichês, o fator mais importante é a boa comunicação com o seu fabricante de fitas para montagem de clichês. Deverá ser claro ao comunicar os materiais que pretende utilizar no seu processo de impressão, a cobertura da área, o esmagamento do ponto percentual desejado, a frequência da tela das clichês, as velocidades desejadas da máquina de impressão, etc. Muitos fornecedores de fitas para montagem de clichês oferecem uma grande variedade de fitas de espuma com diferentes níveis de dureza e combinações de adesivo. Efetuar testes é sempre uma decisão sensata quando experimenta uma variedade de fitas com diferentes combinações de material para máquinas de impressão. No final, fazer o seu trabalho de casa escolhendo as fitas adequadas para a dinâmica da sua sala de impressão ajudá-lo-á a maximizar tanto os seus investimentos como a experiência dos seus clientes.

Por Erin J. Wolford, Editor executivo, Flexible Packaging, www.flexpackmag.com

Ler mais

Procedimento de funcionamento padrão de montagem de chapas